Top Line Turismo em Altamira PA
turismo, pacotes turísticos

Novidades

Fique por dentro de dicas e novidades sobre viagens!
Você está em: Home > Novidades

Florianópolis - Santa Catarina

Uma das principais características de Florianópolis é a variedade de suas praias. Entre as mais badaladas, como Jurerê Internacional e Praia Brava, e selvagens, como Naufragados e Solidão, por exemplo, a cidade tem muitas opções para aproveitar as férias.


Os mais aventureiros vão encontrar um cenário propício à prática de rapel, canyoning e diversos percursos para fazer trekking. Especialmente a Costa da Lagoa e a Ilha do Campeche são os pontos para prática de esporte em meio à natureza. A Lagoa da Conceição, uma das principais atrações da ilha, também é o lugar ideal para fazer windsurf e kitesurf.


Embora Floripa tenha muitos atrativos naturais, passeios culturais também podem constar no roteiro. No centro da cidade, a Catedral Metropolitana, A Praça XV e o Mercado Público fazem parte do patrimônio histórico de Florianópolis. Entre as especialidades da culinária local, destacam-se as ostras – a cidade é a maior produtora de ostras do país. Não faltam também camarão, lula, mariscos e siri nos tradicionais pratos servidos nos restaurantes locais.


Qual a melhor época para ir a Florianópolis


Florianópolis tem clima subtropical, ou seja, por lá as estações do ano são bem definidas. A temperatura média anual fica nos 20°C. Durante o verão, a média fica entre 25°C e 30°C . Já no inverno, a temperatura pode chegar até 10°C. Isso significa que, como em boa parte dos destinos turísticos, a cidade fica bem cheia durante o verão, até porque é nesta época que a temperatura da água fica mais agradável.


Por conta disso, é bom estar preparado para enfrentar engarrafamentos durante a alta temporada ou planejar a viagem à Ilha da Magia para fevereiro ou março, quando o público já é menor. Ano-novo e Carnaval são épocas em que a cidade fica super agitada, tanto nas praias como na avenida Beira-Mar Norte, onde shows gratuitos acontecem. Durante o Carnaval, Floripa  combina blocos de rua com escolas de samba que desfilam na Passarela Nego Quirido.


Praias de Florianópolis


Se dividirmos as praias entre o Sul e Norte da Ilha, dá para dizer que no norte de Floripa estão as praias mais bem estruturadas e mais com cara de cidade. Na região, há diferentes tipos de hospedagem, lazer e diversão. No norte, estão 14 praias de tranquilas e mais familiares até as mais badaladas.


Já o sul da Ilha é uma região mais com cara de interior, com menos prédios e onde o contato com a natureza é maior. Aqui ficam boa parte das trilhas e praias mais selvagens de Floripa. As praias do sul são muito procuradas pelos praticantes do surfe e do kitesurf. Confira alguns destaques:

 


Praia do Campeche


A Praia do Campeche fica no sul da Ilha e é muito frequentada por surfistas e kitesurfistas. Ela tem 3,5 km de extensão e ondas que favorecem o esporte. No entanto, diferente de outros pontos de Floripa adorados pelos surfistas, o Campeche recebe várias famílias e idosos para desfrutar da água cristalina e da areia grossa da praia.


Pântano do Sul


Essa é a mais tradicional praia de pesca de Santa Catarina. Na região, encontra-se Tainha, Cação-mangona, Garoupa, Prejereba, Robalo e Lagosta. Por conta disso, a praia tem alguns dos melhores e mais típicos restaurantes de Floripa. A praia em si é bastante frequentada por famílias, mas por ser mais ao sul da Ilha, às vezes a água por aqui é mais fria do que no norte de Floripa.


Ponta das Canas


Entre as praias da Lagoinha e da Cachoeira de Bom Jesus, fica Ponta das Canas, um local de veraneio para muitos manezinhos e turistas. A praia ao norte da Ilha, tem boa infraestrutura de serviços mas ainda guarda uma tradicional colônia de pescadores. As águas calmas e quentes são um atrativo para famílias com crianças e para quem quer relaxar no mar. Ponta das Canas é um ótimo lugar para relaxar. Como sua faixa de areia é extensa, não precisa ficar apertado com o guarda-sol quase no vizinho.


Jurerê Internacional


Considerada por muitos a Miami brasileira, Jurerê Internacional é lugar onde os festeiros de Florianópolis se encontram. Por lá, é super comum ver helicópteros, Ferraris e iates chegando para festas nos beach clubs. O que também significa que os preços podem ser bem diferentes do resto de Floripa. A praia em si é uma praia longa, sem muitas ondas com areia fina. Em Jurerê Internacional, estão alguns dos mais luxuosos restaurantes de Florianópolis. É definitivamente lugar para quem gosta de festas de música eletrônica e os últimos lançamentos da moda.


Ilhas


Para quem curte passeios de barco e ilhas, Floripa tem três abertas para a visitação: Ratones e Anhatomirim, na Baía Norte e a Ilha do Campeche, na parte Sudeste.
A Ilha do Campeche fica a cerca de 1,5 km da Praia do Campeche. Dá para ir de barco ou escuna de diversos pontos de Floripa (Praia da Armação, Barra da Lagoa e do próprio Campeche). Por lá, além de uma paisagem lindíssima, o turista encontra sítios arqueológicos com inscrições rupestres e oficinas líticas, com mais de 4.500 anos. Para quem curte mergulho, há passeios guiados pelas trilhas subaquáticas, onde dá para admirar toda a fauna e flora marinha.


Quase fora de Floripa, no lado Norte, voltadas para o canal que separa a Ilha da Magia do continente, estão as Ilhas de Anhatomirim e as Ratones (Raton Grande e Raton Pequena), partes importantes do conjunto de fortalezas militares que protegiam a região no período colonial.


Trilhas


Florianópolis é cheia de tesouros escondidos: praias que possuem acesso só por trilha ou barco, ilhas e pontos altos onde se pode ter uma vista belíssima da cidade. Veja três trilhas para fazer em Floripa:


Lagoinha do Leste


Há quem diga que essa é a praia mais bonita de Florianópolis (e nós concordamos!). A praia ainda preserva as características de quando os primeiros imigrantes chegaram ao Brasil e é definitivamente um dos lugares que você precisa visitar quando estiver em Floripa. Longe do agito e da badalação de outros pontos da ilha, a Lagoinha, como é chamada pelos locais é uma praia de mar aberto e águas cristalinas localizada no Sul da Ilha. A Lagoinha, de água limpa e morninha, fica espremida entre dois costões que entram no oceano, formando quase uma pequena enseada de pouco mais que um quilômetro.  Só se chega à praia a pé ou de barco pela Praia do Matadeiro ou por Pântano do Sul. Vindo pelo lado do Matadeiro, a trilha é mais extensa e dura cerca de duas horas. Ela é um pouco mais difícil, mas o caminho é mais bonito. Por Pântano do Sul, a caminhada tem bastante subidas e dura cerca de 50 minutos, mas quando você está lá no topo do morro e enxerga toda a Lagoinha do Leste, você vai esquecer todo o esforço. Pode ter certeza.


Trilha da Barra da Lagoa


Esta trilha tem cerca de 5 km e é feita saindo da Barra da Lagoa em direção à praia da Galheta e termina na Praia Mole. No total, são cerca de duas horas de caminhada com direito a algumas das vistas mais incríveis da Ilha: pode-se ver a Praia da Barra da Lagoa, a Lagoa da Conceição, a Praia do Moçambique e a Reserva Ecológica do Rio Vermelho. Vale lembrar que a praia da Galheta é um ponto conhecido de prática de naturismo. Ou seja, não é nada anormal se alguém estiver lá como veio ao mundo. No entanto, sua proximidade com a praia Mole, point de surfistas e local super badalado de Floripa, faz com que pouca gente se anime a tirar a roupa.



Trilha da Cachoeira da Solidão


Cerca de 15 minutos de caminhada separam os turistas que visitam a Praia da Solidão, no Sul da Ilha, da cachoeira escondida na mata. O lugar tranquilo, mas com mar agitado, é cercado por morros e tem 850 metros de praia. Ao atravessar a ponte de madeira sobre o Rio das Pacas, sobe-se, à direita, por uma trilha rústica até a Cachoeira da Solidão.